Arqueólogos descobrem vinícola de 1.500 anos em Israel

Um grande complexo de produção de vinho de 1.500 anos, capaz de produzir cerca de dois milhões de litros por ano, foi descoberto por arqueólogos na cidade de Yavne, ao sul de Tel Aviv.

A fábrica inclui cinco prensas de vinho, depósitos para envelhecimento e engarrafamento e fornos para queima os toneis de argila em que o vinho era armazenado.

O local foi datado da era bizantina, por volta do século 4 a 5 d.E.C, e é o maior complexo desse tipo conhecido no período.

Fonte: Times of Israel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *