Asteroide recebe nome de italiana sobrevivente do Holocausto

A União Astronômica Internacional decidiu homenagear a senadora judia italiana Liliana Segre, batizando o asteroide 75190 com o seu nome. O número do corpo celeste é o mesmo tatuado no braço da sobrevivente do campo de extermínio nazista de Auschwitz.

O asteroide está em órbita entre Marte e Júpiter e recebeu o nome “Segreliliana”. A homenagem foi anunciada na abertura da conferência “Vivendo com Auschwitz – Violência e indiferença na regressão dos sapiens contemporâneos”, promovida pela Universidade de Trieste em parceria com o Instituto Italiano de Cultura de Berlim no Dia em memória às Vítimas do Holocausto.

Nascida em Milão, em 10 de setembro de 1930, Liliana Segre é de uma família judia e foi deportada para a Polônia em 30 de janeiro de 1944, com apenas 13 anos. Ela foi libertada em 1º de maio de 1945 pelo Exército soviético.

“Que o meu nome e o número que cada um de nós foi reduzido em Auschwitz, traduzido em corpo celeste, sirvam de lembrete e aviso de que ‘isto aconteceu’ e pode acontecer novamente sem informação, consciência e responsabilidade”, afirmou a italiana.

Segre afirmou que tentará “explorar a relevância pública de um acontecimento único como este” para atualizar e difundir ainda melhor sua “mensagem de testemunho e memória, mas também de fraternidade e paz”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *