Bate-papo com autoras Daniela Chindler e Juliana Portenoy sobre livro que aborda imigrantes e refugiados judeus

Em 27 de janeiro, “Dia Internacional da Lembrança do Holocausto”, haverá bate-papo com autoras Daniela Chindler e Juliana Portenoy sobre o livro “Uma casa no mundo” (inscreva-se gratuitamente: acesse).
A obra conta histórias de pessoas que cruzaram continentes e oceanos em direção ao Brasil e encontraram, no Rio de Janeiro, um novo lar. Esses imigrantes e refugiados judeus trouxeram suas malas repletas de lembranças, costumes e expectativas de encontrar segurança, trabalho e um bom lugar para viver e criar seus filhos.
São relatos de pessoas reais: mulheres, homens, jovens e crianças deste livro são “diferentes e iguais” a tantos outros brasileiros, descendentes de indígenas, europeus, africanos e orientais. A publicação, parte do projeto “Memória e identidade”, é uma iniciativa da Sapoti Projetos Culturais, em parceria com a Associação Parceiros da Educação do Rio de Janeiro e com o Hillel Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *