Escavação revela indícios de batalha ligada à Chanuká

Arqueólogos encontraram resquícios de Chanuká em uma fortaleza na região de Sefelá, em Israel, queimada há 2,1 mil anos pelos judeus hasmoneus que lutaram contra guerreiros do Império Selêucida.

De acordo com os especialistas, ela foi erguida por comandantes do exército do Império Selêucida para proteger a cidade de Maresha da ofensiva dos hasmoneus. No entanto, os achados do local mostram que as defesas selêucidas fracassaram e o prédio foi queimado pelos rivais.

A fortaleza tinha 15 metros de altura por 15 metros de comprimento. Seu interior abriga sete quartos. A escavação revelou uma escada que conduzia a um segundo andar do forte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *