KKL Brasil transforma máscaras descartáveis em vasos

Transformando um problema em solução para o meio ambiente, mais uma vez o KKL inovou reutilizando máscaras descartáveis como recipientes para plantio.

Em Israel e em todo o mundo, milhões de máscaras descartáveis estão se acumulando no lixo, logo depois que são usadas para a proteção contra o coronavírus.

Foi então que o diretor do viveiro KKL em Israel, Pablo Cherkasky, pensou que essas máscaras poderiam ser higienizadas e transformadas em recipientes para o cultivo de plantas. Ele encheu as máscaras com terra e adubo e ao colocar sementes e brotos de arbustos e árvores, constatou que foram bem absorvidos e cresceram saudáveis.

Logo na semana seguinte, a iniciativa foi rapidamente colocada em prática pelo KKL Brasil durante um plantio realizado em parceria com a ONG Pedra 90 no Parque Dom Pedro II, em São Paulo.

“Neste dia, o frio e a garoa não intimidaram um grupo de plantadores urbanos decididos a fazer o que fazem de melhor, plantar, trazendo mais verde e mais vida a cidade de São Paulo. Desta vez a motivação foi maior ainda, pois estavam comemorando os três anos de atividade da ONG Pedra Verde. Aproveitamos a ocasião para colocar em prática a ideia de transformar as máscaras em vasos, e a iniciativa fez um grande sucesso”, destacou o diretor do KKL Brasil, Marcelo Schapo.

A recomendação é higienizar as máscaras e plantar espécies que não precisam de muita profundidade de solo como hortelã e manjericão, flores e outras espécies.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *