Livro “A Guerra do Retorno” aborda a paz entre palestinos e israelenses

A Congregação Israelita Paulista (CIP), em parceria com o StandWithUs Brasil, vai realizar, no dia 26 de setembro, às 17h, o lançamento do livro “A Guerra do Retorno – como resolver o problema dos refugiados e estabelecer a paz entre palestinos e israelenses” (editora Contexto).

O evento gratuito terá transmissão online (acesse) e contará com a presença dos autores israelenses Adi Schwartz e Einat Wilf e mediação de André Lajst e do rabino Ruben Sternschein, com tradução simultânea.

Em 1948, 700 mil 00 mil palestinos abandonaram seus lares ou foram expulsos de suas terras em consequência da Guerra da Independência de Israel. Depois de 73 anos, a maior parte dessas casas já não existe há muito tempo, mas milhões de seus descendentes se mantêm registrados como refugiados, muitos vivendo ainda em campos de refugiados. Esse grupo – diferentemente de incontáveis outros que foram deslocados na sequência da Segunda Guerra Mundial e de outros conflitos – permaneceu nessa instabilidade, exigindo retornar para Israel.

Em “A Guerra do Retorno”, Adi Schwartz e Einat Wilf revelam as origens da ideia de um direito de retorno e expõem como a UNRWA – a agência encarregada pela busca de uma solução para os refugiados – submeteu-se à pressão política internacional, palestina e árabe, criando assim um problema do “refugiado” de caráter permanente. Os autores defendem que a crença em um “direito de retorno” é um dos maiores obstáculos para uma diplomacia bem-sucedida e uma paz duradoura na região. Em uma pesquisa minuciosa, os autores explicam o histórico da questão e a atuação das forças envolvidas em um intrincado mapa geopolítico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *