Médicos separam bebês gêmeas siamesas unidas pela cabeça, na primeira cirurgia do tipo realizada em Israel

Gêmeas siamesas de um ano que nasceram unidas pela parte de trás cabeça e de costas uma para outra finalmente conseguiram fazer contato visual pela primeira vez após terem passado por uma rara cirurgia de separação em Israel.

O Soroka Medical Center anunciou que a operação durou mais de 12 horas e envolveu dezenas de especialistas de Israel e do exterior. Foram meses de preparação.

“Esta foi uma cirurgia rara e complexa que foi realizada apenas 20 vezes em todo o mundo e agora, pela primeira vez, em Israel”, revelou Mickey Gideon, neurocirurgião pediátrico chefe do hospital, localizado na cidade de Beersheba.

As meninas terão vidas completamente normais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *