[bsa_pro_ad_space id=1]

Na França, “novo antissemitismo” ganha as ruas

Na Franca, um novo antissemitismo

Nos últimos meses, começou na França um debate sobre este “novo antissemitismo”. Em 2017, cerca de 40% dos atos inspirados por motivos de raça ou religião foram cometidos contra judeus, embora estes constituam menos de 1% da população da França. Os atos antissemitas cresceram 20% desde 2016, aumento que o Ministério do Interior definiu como “preocupante”.

Em 2011, o governo parou de classificar estes episódios como atos antissemitas. Antes disso, segundo as pesquisas, os muçulmanos haviam sido identificados como o maior grupo de perpetradores, e os picos de violência coincidiam com surtos de atritos entre israelenses e palestinos. A França tem a maior população de judeus e muçulmanos da Europa, e os muçulmanos são discriminados pela polícia no que diz respeito a emprego e tratamento.

As autoridades francesas temem colocar uns contra os outros, ou mesmo admitir que exista uma dinâmica de muçulmanos contra judeus. Se o fizessem, violariam um princípio fundamental da França – segundo o qual as pessoas não se definem por raça ou religião, apenas como concidadãos, iguais perante a lei. “Mas isso não corresponde à realidade”, diz um pesquisador de opinião, Jérôme Fourquet. “Todos os políticos falam em convivência. E, no entanto, temos de fato grupos baseados na cultura e comunidade”. Os líderes muçulmanos afirmam que o slogan “novo antissemitismo” atribui a maior parte da culpa aos muçulmanos. Os crimes de ódio contra a população muçulmana, estimada entre seis e 10 milhões de pessoas na França, também aumentou de 2016 a 2017.

Mais de 50 mil judeus franceses transferiram-se para Israel desde 2000, em comparação de cerca de 25 mil que migraram de 1982 a 2000. Dezenas de milhares de outros deixaram as periferias de Paris e Lyon, onde a população muçulmana está crescendo, e se refugiaram em bairros com uma população judia mais numerosa.

Em junho, quatro muçulmanos franceses de origem africana foram processados por um ataque e assalto à mão armada contra um jovem casal judeu, ocorrido em 2014. Os acusados ouviram calados o juiz que lia as acusações, inclusive sobre o arrombamento do apartamento no bairro parisiense de Créteil, os objetos religiosos jogados no chão e o estupro da mulher. Um deles teria gritado: “Os judeus não põem seu dinheiro no banco!”. O processo ocorreu meses depois do assassinato de uma sobrevivente do Holocausto, Mireille Knoll, de 85 anos, em seu apartamento de Paris, por um assaltante que gritava: “Allahu akbar!”.

Um manifesto assinado por numerosos intelectuais, judeus e não judeus, alertou que estava ocorrendo um “silencioso expurgo étnico”. E pedia que os muçulmanos renunciassem aos versículos antissemitas contidos no Alcorão. Segundo os líderes muçulmanos, as acusações provocam uma reação enfurecida na comunidade. “As pessoas partem porque alcançaram outro patamar econômico”, explicou Mamadou Diallo, que dirige um centro da juventude em Nanterre, um barro periférico de Paris. Mas ele e outros jovens muçulmanos admitiram ter ouvido afirmações antissemitas.

Rachid Benzine, um cientista político francês de ascendência marroquina, afirmou que alguns muçulmanos se sentem discriminados na sociedade francesa, principalmente em questões de cidadania e que estão convencidos de que os judeus recebem um tratamento melhor. “O que vocês precisam entender é que existe uma espécie de obsessão fantasiada a respeito da posição que os judeus ocupam na república francesa, que cria uma espécie de ressentimento, ciúme”, falou. “Além disso, o persistente conflito israelense-palestino alimenta esta situação”.

Fonte: Adam Nossiter, NYT/O Estado de S.Paulo

shopping cart application what major companies outsource whats a dmp whats ad blocker whats adblock whats dmp what's the best ecommerce platform where is adblock where to download adblock where to find ad blocker
thesis writer

adidas eqt   | adidas eqt 9317   | adidas eqt adv   | adidas eqt adv 9317   | adidas eqt adv pk   | eqt adv shoes   | eqt adv 93   | eqt adv 9317   | eqt adv black green   | eqt adv pk   | eqt support adv 93   | eqt support adv 9317   | eqt support adv black green   | eqt support adv pk   |


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/consultoriadigit/alefnews/wp-includes/functions.php on line 3570