Sete pessoas são condenadas por mensagens antissemitas contra “Miss Provence”, na França

A Justiça francesa condenou sete pessoas por publicarem mensagens antissemitas contra April Benayoum, vencedora do “Miss Provence” e uma das finalistas do “Miss França”.

Eles terão de pagar indenização a Benayoum e a várias associações antirracistas, além de multas que vão de € 300 a € 800 (de R$ 2 mil a R$ 5,2 mil, aproximadamente).

April Benayoum foi atacada após dizer no “Miss Provence” que sua paixão pela geografia devia-se, talvez, às suas origens: sua mãe é servo-croata e seu pai, ítalo-israelense.

A declaração gerou mensagens de ódio na internet, como “Eu voto contra a judia”, “Miss Provence é israelense, essa vadia” e “Eu boicoto Israel” — exemplos de mensagens que foram lidas pela presidente do tribunal de Paris que julgou o caso.

Para os juízes, as mensagens expressavam “uma rejeição à pessoa pela sua origem” ou “sua suposta religião”, “tanto pelo conteúdo quanto pelo contexto”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *