Startup israelense chega à Europa com proteína vegetal impressa em 3D

A startup israelense Redefine Meat expandiu as operações para a Alemanha, a Holanda e o Reino Unido, onde espera chegar a milhares de restaurantes até o final do ano que vem, e serviu pela primeira vez seus cortes inteiros à base de vegetais da carne impressa em 3D.

A receita é uma mistura de proteína de soja e ervilha, grão de bico, beterraba, leveduras nutricionais e gordura de coco.

A empresa, que até agora trabalhou com cerca de 150 restaurantes em Israel, explicou que os cortes inteiros vão ampliar o apelo de produtos alternativos de carne, que têm sido principalmente limitados a pratos de carne moída, incluindo hambúrgueres e salsichas.

Adam Lahav, cofundador da empresa e diretor de negócios, afirmou: “É a primeira vez que uma empresa pode lançar uma alternativa de carne inteira cortada no mercado que se comporta exatamente como a carne”.

Seus cortes maiores de carne alternativa são mais complicados de produzir e ainda estão em evolução. A empresa planeja construir cinco fábricas em Israel, Europa, Estados Unidos e Ásia nos próximos anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *