Universidade de Tel Aviv vai lançar nanosatélite

No primeiro trimestre de 2021, a Universidade de Tel Aviv deve lançar ao espaço um nanosatélite de pesquisa, do tamanho de uma caixa de sapatos. Este braço robótico irá liberar o nanosatélite TAU-SAT1 em órbita terrestre baixa (LEO). Ele fará vários experimentos em órbita, incluindo a medição da radiação cósmica no espaço.

O TAU-SAT1 está atualmente passando por testes na Japan Aerospace Exploration Agency (JAXA). Do Japão, o satélite será enviado aos Estados Unidos, onde “pegará uma carona” na espaçonave de reabastecimento.

De acordo com Ofer Amrani, chefe do laboratório da Universidade de Tel Aviv, “este é o primeiro nanosatélite projetado, construído e testado de forma independente em uma universidade”.

O TAU-SAT1 foi criado, desenvolvido, montado e testado no novo Centro de Nanosatélite em Tel Aviv, um empreendimento interdisciplinar das Faculdades de Engenharia e Ciências Exatas e da Escola Porter de Meio Ambiente e Ciências da Terra da universidade.

“Nós sabemos que existem partículas de alta energia se movendo através do espaço que se originam da radiação cósmica”, disse Meir Ariel, diretor do Centro de Nanosatélites da universidade. “Nossa tarefa científica é monitorar essa radiação e medir o fluxo dessas partículas e seus produtos. As informações científicas coletadas por nosso satélite permitirão projetar meios de proteção para astronautas e sistemas espaciais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *