“Adam” e “Miriam” foram os nomes mais comuns de bebês israelenses em 2020

Ao longo dos anos, dezenas de milhares de pais optaram por chamar seus filhos por nomes relacionados ao Estado de Israel e ao Dia da Independência. De acordo com a Autoridade de População e Imigração, o país tem atualmente 59.817 cidadãos chamados “Israel”, 628 chamados “Iyar”, o mês em que a independência do país foi declarada, e 13 cidadãos chamados de “Atzmaut” (“Independência”).

Há 1.658 meninas e mulheres morando em Israel chamadas “Tiferet” (“Glória”), 216 com o nome de “Mediná” (“Estado”) 20 “Masuah” (“Farol”).

Dados da Autoridade de População e Imigração mostram que o nome mais comum para meninos judeus em 2020 era “Adam” (1.306 bebês), seguido por 1.201 chamados “Yosef”, 1.029 “Omar”, 977 chamados “David” e 975 “Ariel”.

O nome mais comum dado este ano para meninas é “Miriam” (949 bebês), seguida por “Tamar” (945) e “Abigail” (912).

O nome mais comum dado em 2020 entre os árabes é “Muhammad”, com 1.915 bebês com esse nome.

Fonte: Ynet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *