Alemanha terá primeiro rabino militar em 100 anos

Depois de um século, a Alemanha terá novamente um rabino militar: a organização de comunidades judaicas no país nomeou o húngaro Mordechai Eliezer (Zsolt) Balla para o cargo.

Desde a Primeira Guerra Mundial, não havia um rabino nas Forças Armadas alemãs (Bundeswehr). Depois que o Parlamento alemão votou no ano passado para permitir que os rabinos voltassem às forças armadas, o Conselho Central dos Judeus recomendou o nome de Balla. Segundo o portal Café Torah, a iniciativa foi do Ministro da Defesa alemão, Engert Kramp-Kernenbauer.

Zsolt Balla nasceu na Hungria em 1979 e estudou engenharia em Budapeste. Ele mora na Alemanha desde 2002 e, em 2009, completou seus estudos rabínicos. Nos últimos 11 anos, ele trabalhou como rabino municipal de Leipzig. Desde 2019, ele também serve como rabino-chefe da Saxônia. Além disso, Balla foi um dos primeiros dois rabinos ortodoxos a se formar e ser nomeado na Alemanha desde 1938.

Sobre sua nomeação, Balla comentou que a nova função é um grande desafio, mas que não quer abrir mão de seus cargos atuais e do trabalho voluntário. Ele está ciente de que o serviço militar para judeus na Alemanha é algo não necessariamente desejável: “Ainda temos esses reflexos históricos de que é estranho para um judeu servir no Bundeswehr alemão. Mas podemos ver que o mundo mudou. Nosso objetivo é que seja normal um soldado judeu servir na Bundeswehr”.

De acordo com o presidente do Conselho Central dos Judeus na Alemanha, Josef Schuster, a nomeação de Balla restaura o costume que estava em prática antes da Primeira Guerra Mundial.

Junto com a prestação de serviços religiosos aos soldados judeus servindo no exército (atualmente totalizando cerca de 300), o rabinato militar (onde Balla supervisionará 10 funcionários das forças armadas) participará da educação de todos os soldados alemães para prevenir o antissemitismo.

Balla será oficialmente empossado em uma cerimônia na sinagoga de Leipzig a ser realizada em 21 de junho com a presença de Kramp-Karrenbauer, o primeiro-ministro saxão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *