Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Chelsea inaugura mural com jogadores de futebol judeus assassinados em Auschwitz

Chelsea-inaugura-mural-com-jogadores-de-futebol-judeus-assassinados-em-Auschwitz

O Chelsea criou um mural comemorativo de jogadores judeus que foram enviados para Auschwitz. O clube também se tornou o primeiro time a adotar formalmente a definição de antissemitismo da Aliança Internacional para a Recordação do Holocausto.

O mural foi inaugurado em um muro do lado de fora do West Stand, em Stamford Bridge, e faz parte da campanha “Diga Não ao Antissemitismo” do Chelsea, financiada pelo proprietário russo-israelense do clube, Roman Abramovich.

Bruce Buck, presidente do Chelsea, explicou: “Ao compartilhar as imagens desses três jogadores de futebol em nosso estádio, esperamos inspirar as gerações futuras a lutar sempre contra o antissemitismo, a discriminação e o racismo, onde quer que o encontrem”.

O mural apresenta três retratos: de Julius Hirsch, um jogador internacional judeu alemão, que foi assassinado pouco depois de 1943 no campo nazista de Auschwitz, na Polônia; de Árpád Weisz, um jogador de futebol judeu húngaro que também foi assassinado lá em 1944, e de Ron Jones, conhecido como o “goleiro de Auschwitz”, que era prisioneiro de guerra britânico no campo de concentração. Ele sobreviveu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[yuzo_related]

Rolar para cima