Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Clube alemão Borussia Dortmund vai doar US$ 1,1 milhão ao Yad Vashem

Borussia Dortmund combate atitudes extremistas com visitas a Auschwitz



O clube alemão Borussia Dortmund vai doar US$ 1,1 milhão ao Yad Vashem, o Museu do Holocausto. A doação ajudará a financiar a exposição “Shoah Heritage Collections Center”, que apresentará artefatos, fotografias, obras de arte e documentos.

“Lembrar, documentar, pesquisar e ensinar são os pilares sobre os quais o Yad Vashem repousa e é nossa honra e compromisso fortalecê-los”, destacou o presidente do clube, Hans-Joachim Watzke. “Ao preservar esses itens preciosos – que são de grande importância não apenas para o povo judeu, mas também para a humanidade como um todo – e para revelá-los ao público, eles agirão como a voz das vítimas e dos sobreviventes, e servir como uma lembrança eterna”.

O clube também está organizando visitas educacionais a campos de concentração para ajudar a ensinar sobre os horrores da tragédia. A primeira viagem aconteceu em 2008, a Dachau, o primeiro campo de concentração nazista. “Racismo e antissemitismo eram normais nos anos de 1980 a 1990. Ouvia-se em qualquer estádio. Recordo-me de uma música bastante famosa que os fãs cantavam a mandar os adeptos adversários no comboio para Auschwitz”, afirma Daniel Lörcher, líder do grupo antidiscriminação criado pelo clube alemão.

[yuzo_related]

Rolar para cima