Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Exposição, inspirada na obra de Jacques Marcovitch, conta a história dos empreendedores pioneiros

Jacques Marcovitch

Inspirada na obra do professor Jacques Marcovitch, a exposição itinerante “Pioneiros e Empreendedores: a saga do desenvolvimento no Brasil”, poderá ser visitada até o dia 01 de dezembro, em São Paulo. Ela aborda as contribuições dos empreendedores dos séculos XIX e XX para a economia brasileira.

A mostra, que tem o mesmo título da trilogia publicada pelo professor Jacques Marcovitch, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, acontece no Centro Nacional de Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa, administrado pelo Sebrae-SP e localizado no Palácio dos Campos Elíseos.

Segundo o professor, a história paulista foi muito impactada pelas iniciativas dos empreendedores, que eram capazes de enfrentar as adversidades de forma inovadora. Eles criaram negócios ou grupos empresariais que impulsionaram o desenvolvimento do país. “Os empreendedores alcançaram um ideal de emancipação, enfrentaram adversidades, realizaram sonhos. Conquistaram, por assim dizer, uma segunda vida, não por serem nomes de ruas, avenidas, praças e viadutos, mas porque prolongaram suas existências, como fontes de aprendizagem e inspiração”, diz.

Com intuito de destacar o pioneirismo empresarial em vários momentos da história econômica, a mostra é dividida em cinco módulos: “Brasil Monárquico”, que conta a história das famílias Prado e Lundgren e de nomes como Bernardo Mascarenhas, Luiz de Queiroz e Barão de Mauá.

Já “Primeira República” relembra Francisco Matarazzo, Delmiro Gouveia, Luiz Tarquínio, Nami Jafet, Júlio Mesquita, Ramos de Azevedo, Guilherme Guinle, Atílio Fontana, Lafer-Klabin e Jorge Street.

“Era Vargas” traz as lições de empreendedores como Leon Feffer, José Ermírio de Moraes, Roberto Simonsen, Roberto Marinho, enquanto “Brasil Contemporâneo” relembra Edson Queiroz, Samuel Benchimol, Gerdau-Johannpeter, Valentim dos Santos Diniz e Augusto Trajano Antunes.

Há ainda a seção “Brasil na Era Digital”, que mostra quem são os pioneiros do futuro. A mostra também destacará a história de oito mulheres pioneiras: Ermelinda Ottoni de Souza Queiroz, Eugênia Ana dos Santos (Mãe Aninha), Índia Vanuíre, Nise da Silveira, Irmã Dulce, Dorina de Gouvêa Nowill, Waldisa Russio Camargo Guarnieri e Veridiana Valéria da Silva Prado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[yuzo_related]

Rolar para cima