Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Guido Liebermann lança livro “A psicanálise em Israel”

Livro_a psicanalise em israel

O psicanalista e historiador Guido Liebermann vai lançar no dia 04 de outubro, na Unibes Cultural, o livro “A psicanálise em Israel” (Editora Annablume).

Na obra, ele retraça a história do freudismo na Palestina antes da criação do Estado de Israel: uma história de imigrações, de tragédias, de combates ideológicos e de personalidades fortes. A imigração judaica leva consigo alguns dos pioneiros do movimento freudiano nascente (Moshe Wulff , Max Eitingon, Josef Friedjung, entre outros) e faz florescer a psicanálise em Israel.

Em 1934, surge ali uma nova sociedade psicanalítica. Outros analistas menos conhecidos, analisados nos divãs de Berlim ou de Viena, continuam suas formações em Jerusalém ou em Tel Aviv e contribuem para a expansão da psicanálise.

O livro explora também a história das resistências à psicanálise e das ambiguidades de Freud com relação à Palestina e ao sionismo.

Liebermann atua como psicólogo clínico em hospital psiquiátrico vinculado à Universidade de Tel Aviv. É membro da Sociedade de Psicanálise Freudiana (SPF) e da Sociedade Internacional de História da Psiquiatria e da Psicanálise, além de autor de “La psychanalyse à l’épreuve du Kibboutz”, publicado pela CampagnePremière, em Paris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[yuzo_related]

Rolar para cima