Israelense levará ao espaço moeda de 1.900 anos

O astronauta israelense Eytan Stibbe anunciou que levará com ele na missão Rakia para a Estação Espacial Internacional, programada para o início do próximo ano, uma moeda cunhada durante a revolta de Bar Kochba e descoberta recentemente em uma caverna do deserto da Judéia.

A moeda remonta à segunda revolta judaica contra os romanos, também conhecida como “Revolta de Bar Kochba”, e leva o nome de seu líder, Shimon Bar Kochba.

Ela foi encontrada recentemente junto com vários outros artefatos raros da “Caverna do Horror” em Nahal Hever, incluindo dezenas de fragmentos de pergaminhos bíblicos de 2.000 anos – os primeiros achados em 60 anos.

Ambos os lados da moeda – que é do segundo ano da revolta – trazem símbolos judaicos típicos do período do Segundo Templo: uma palmeira com a inscrição “Shim’on”, da qual apenas as letras m’n (“m ‘ on”) são visíveis; e uma folha de videira com a inscrição “Ano dois da liberdade de Israel”.

Stibbe disse que, para ele, a moeda “representa a conexão com a terra, o amor ao país e o desejo de independência da população de Israel naqueles anos”.

O diretor da Autoridade de Antiguidades de Israel, Eli Eskosido, qualificou a iniciativa de “muito emocionante e significativa” e falou sobre o simbolismo que envolve o significado do nome de Bar Kochba em hebraico.

“O líder da revolta – Shim’on Bar Koziba – foi homenageado como Bar Kochba (“Filho de estrela”), e hoje esse nome recebe um significado simbólico adicional. Este é um encontro histórico entre o mundo antigo e o auge da inovação humana. Os rebeldes judeus que cunharam esta moeda 1.900 anos atrás enquanto lutavam por suas vidas e independência não poderiam ter imaginado em seus sonhos mais loucos que, após muitos séculos, este item faria o seu caminho para o espaço sideral com um astronauta judeu que vive em um Estado judeu independente”.

A Ramon Foundation e o Ministério da Ciência e Tecnologia estão enviando Stibbe como parte da Missão Rakia de Israel, que fará 44 experimentos na Estação Espacial Internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *