Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Número de casos de israelenses com coronavírus aumenta em média 100 por dia

Número de casos de israelenses com coronavírus

O número de israelenses diagnosticados com coronavírus teve um grande aumento devido ao maior número de testes em todo o país. As autoridades devem adotar o sistema drive-through em várias cidades, o que permitirá mais rapidez nas avaliações, atendimento e internações.

O presidente de Israel, Reuven Rivlin, afirmou: “O mundo está lidando com uma crise que não distingue pessoas ou endereços. Nossa capacidade de trabalhar juntos em tempos de crise também é prova de nossa capacidade de trabalhar juntos no futuro para o bem de todos nós”.

Representantes de israelenses e palestinos têm se encontrado para coordenar medidas para evitar o aumento da contaminação pelo coronavírus no país. “A saúde de todos os cidadãos da região está acima de tudo, e é nossa principal prioridade. Continuaremos a agir em colaboração com a Autoridade Palestina em um esforço conjunto”, explicou o major Yotam Shefer, chefe do departamento internacional da administração civil israelense na Cisjordânia.

Israel anunciou que enviará 20 toneladas de desinfetante para a Cisjordânia, além de 400 kits para realização de testes de detecção do coronavírus, e de outros 500 kits de equipamentos de proteção para as equipes médicas e as forças de segurança palestinas. Há workshops conjuntos entre as equipes médicas dos dois lados. Também está sendo montado um hospital de campanha na fronteira com a Faixa de Gaza.

Para tentar conter a disseminação do vírus, o governo proibiu reuniões com mais de dez pessoas e ordenou a manutenção de apenas 30% da força de trabalho em repartições públicas e empresas privadas. Lojas, com exceção de supermercados e farmácias, e todo o setor de entretenimento estão fechados.

Além dos cuidados com a saúde, as medidas têm como objetivo manter a economia israelense parcialmente em funcionamento para evitar uma crise mais profunda. As autoridades afirmam acreditar que 400 mil pessoas já perderam ou vão perder o emprego nas próximas semanas.

[yuzo_related]

Rolar para cima