O último judeu do Afeganistão decidiu ficar no país

O último judeu morador do Afeganistão, Zabulon Simantov, de 61 anos, decidiu permanecer no país, apesar da tomada de poder pelo Talibã. “Não vou deixar minha casa. Se eu sair, não haverá ninguém para cuidar da sinagoga”, afirmou ele.

Sua esposa e suas duas filhas moram em Israel desde 1998, mas Simantov ficou no Afeganistão para cuidar da sinagoga, localizada em Cabul.

Simantov ora diariamente e cumpre as leis da Cashrut, abatendo os animais que ele mesmo come. Ele recebeu permissão do rabino de Tashkent, no Uzbequistão, para fazê-lo.

Fonte: Conib/Jerusalem Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *