Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Professor da Universidade Hebraica é premiado com “Nobel de Matemática”

8b2e25ac-a320-4075-901e-ae8c82ffc4a8

O professor da Universidade Hebraica de Jerusalém, HillelFurstenberg, se tornou o primeiro israelense a ganhar o “Prêmio Abel”, conhecido como “Prêmio Nobel de Matemática”. Ele foi nomeado como vencedor pela Academia Norueguesa de Ciências e Letras e dividirá o prêmio com GrigoryMargulis, da Universidade de Yale “por ser pioneiro no uso de métodos de probabilidade e dinâmica em teoria de grupos, teoria dos números e combinatória”.

Eles inventaram técnicas de caminhada aleatória, um ramo central da teoria das probabilidades. Uma caminhada aleatória é um caminho que consiste em uma sucessão de etapas aleatórias. Essas técnicas foram usadas para investigar objetos matemáticos e introduzir métodos probabilísticos para resolver muitos problemas abertos na teoria dos grupos, teoria dos números, combinatória e teoria dos gráficos.

Munthe-Kaas, presidente do comitê, destacou: “Furstenberg e Margulis surpreenderam o mundo matemático pelo engenhoso uso de métodos probabilísticos e caminhadas aleatórias para resolver problemas profundos em diversas áreas da matemática. Eles derrubaram o muro tradicional entre matemática pura e aplicadae abriram uma série de novos resultados com aplicações à tecnologia da comunicação e à ciência da computação”.

Furstenberg, de 84 anos, sobrevivente da Kristallnacht, nasceu em Berlim em 1935. Sua família fugiu da Alemanha nazista em 1939 e se estabeleceu nos Estados Unidos. Já na graduação, começou a desenvolver uma reputação de matemático promissor. Quando ele publicou um de seus primeiros trabalhos acadêmicos, começaram a circular rumores de que “Furstenberg” não era um indivíduo, mas um pseudônimo para um grupo de matemáticos. Como é que uma pessoa pode extrair ideias de tantas áreas diferentes?

Depois de lecionar em várias universidades americanas, incluindo Princeton, MIT e Universidade de Minnesota, Furstenberg mudou-se para Israel em 1965 para ingressar no Instituto Einstein de Matemática da Universidade Hebraica. A mudança ajudou a estabelecer Israel como um centro mundial de matemática, e Furstenberg ganhou o Prêmio Israel em 1993 e o Prêmio Wolf em 2007.

“O Prêmio Abel do professor Furstenberg é uma verdadeira honra para a Universidade Hebraica e para Israel como um todo”, disse o professor Asher Cohen, presidente da Universidade Hebraica. “Hillel não é apenas um matemático de classe mundial, mas um mentor de dezenas de estudantes que já mudaram a face da matemática. Não poderíamos estar mais orgulhosos de seu prêmio, uma conquista no nível Nobel”.

Como Furstenberg, Margulis, nascido na Rússia, também foi apontado como um dos principais matemáticos desde tenra idade. No entanto, ser judeu na União Soviética significava que Margulis era incapaz de conseguir um emprego na Universidade de Moscou e ele finalmente emigrou para os Estados Unidos e começou a trabalhar na Universidade de Yale. Devido à diferença de dez anos de idade entre ele e Furstenberg, e devido a restrições de viagens na União Soviética, os dois laureados não colaboraram formalmente, apesar de influenciarem o trabalho um do outro.Margulis também ganhou o prêmio Wolf, em 2005, e a medalha Fields, em 1978.

A cerimônia de entrega do Prêmio Abel deste ano, quando o rei Harald V da Noruega entregará o prêmio aos laureados, estava marcada para 19 de maio, mas foi adiada devido ao surto de coronavírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[yuzo_related]

Rolar para cima