“Projeto Aladdin”, da UNESCO, combate negação do Holocausto

Uma delegação organizada pelo Projeto Aladdin da UNESCO, que se dedica a combater todas as formas de racismo e intolerância, como a negação do Holocausto, e promove o diálogo intercultural, especialmente entre muçulmanos e judeus, esteve em Bahrein e nos Emirados Árabes Unidos em reuniões com ministros, líderes civis e líderes de instituições.

As discussões resultaram em um acordo para o lançamento de projetos conjuntos que promovam laços interculturais, particularmente por meio de museus, universidades e clubes esportivos.

A presidente do Projeto Aladdin, Leah Pisar, comentou: “Independentemente de onde somos ou qual é nossa religião ou cultura, hoje temos um inimigo comum naqueles que difundem o ‘ódio armado’, que usam as redes sociais e outros meios para atacar, rebaixar, e demonizar o outro”.

E acrescentou: “Devemos todos unir forças para superar esta grande ameaça às nossas sociedades e estamos animados em encontrar parceiros dispostos e entusiasmados no Bahrein e nos Emirados Árabes Unidos”.

Fonte: World Israel News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *