Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Ricardo Szpilman lança campanha de arrecadação para lançamento de CD do Rancho Praça Onze Klezmer Carioca

Rancho-Praca-Onze-

O Rancho Praça Onze Klezmer Carioca realiza uma fusão única das músicas das diferentes etnias e culturas que conviviam no Centro do Rio no início do século XX. O grupo é formado por não judeus e judeus descendentes dos imigrantes da Praça Onze. Seus integrantes são músicos profissionais, que acumulam prêmios prestigiados de composição, execução e arranjo. Valoriza a memória carioca dos primeiros Ranchos Carnavalescos, do Samba que lá foi criado em torno da Casa da Tia Ciata e demais correligionárias da Bahia, do Carnaval democrático que lá começou e a música judaica levada para este recanto da Pequena África. Clássicos do Klezmer, da canção yiddish em versões que cultivam os ritmos brasileiros constituem o repertório a ser gravado e até uma composição judaico-balcânica em 7/8.

História do Rancho Praça Onze Klezmer Carioca:

Fundado em 2013 pelo regente Ricardo Szpilman e mais três músicos profissionais, todos descendentes da Praça Onze, hoje forma uma pequena orquestra popular, com intensa atividade em eventos culturais e festividades das comunidades envolvidas.

Os Szpilman são uma das mais tradicionais famílias musicais no mundo, oriunda da Polônia, com ramificações no Klezmer, na música de concerto, no jazz e em músicas populares nos diversos países em que se fixaram. Seu mais famoso expoente é Władysław Szpilman, o protagonista de “O Pianista”, filme premiado de Roman Polanski.

Em 2014 houve um grande acontecimento carnavalesco na Vila Dr. Alberto Siqueira, um dos últimos redutos do que foi a Praça Onze. O Rancho, ainda como grupo carnavalesco, se apresentou e este registro circulou por várias mídias. Teve ampla divulgação nas mídias (jornais, TVs, Revista Globo com artigo de Roberto Kaz, Revista Piauí em artigo de Rose Esquenazi, participação em documentário de Silvio Tendler, entre outros). Com convites para tocar no Jockey Club Brasileiro, Hebraica (onde realizou Bailes e como curador em 2014 um grande Festival de Música Klezmer), no Midrash, nas Sinagoga CJB e Grande Templo RJ, na Sinagoga Shalom (Teresópolis), no Beit Lubavitch, na Praça Onze (Vila Dr. Alberto Siqueira) em 2014, 2015 e 2016, nos clubes CIB e Monte Sinai.

O Rancho fez palestras/shows sobre a música da Praça Onze negro-judaica: no Museu MAR (Curso Trajetórias Judaicas), no IH-UFRJ, em 2017, na PUC-RJ em evento do Viver com Yiddish, em 2018, coordenado pela Profa. Doutora Sonia Kramer, na Escola Eliezer-Max em 2015 e 2016, na Associação Scholem Aleichem (ASA) em 2017 e 2019 e para o Colégio Alef de SP. Participou do Kleztival (Festival Internacional de Música Klezmer de SP), da Roda da Cabaça (Roda de Samba ligada à Casa de Tia Ciata) fazendo parcerias musicais, tocou em grandes eventos nas Praias de Ipanema e Copacabana, na Praça Nossa Sra. da Paz e no Parque de Madureira (contra a intolerância religiosa) em 2016 quando teve a oportunidade de tocar junto com o grupo de Afoxé Alabê Fun Fun e por duas vezes no Golden Room do Copacabana Palace.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[yuzo_related]

Rolar para cima